Ação da Prefeitura de Caraguá com a PM desfaz acampamento de 30 pessoas no bairro Ponte Seca

Após denúncia de um munícipe por meio do facebook da Prefeitura de Caraguatatuba, na tarde dessa quinta-feira (17/01), foi constatado um acampamento irregular embaixo do viaduto do bairro Ponte Seca, próxima à escola Comendador Mário Trombini.

No local, cerca de 30 pessoas, inclusive crianças, ocupavam o espaço com muita sujeira, panelas, comida estragada, produtos queimados e colchões embolorados. Alguns dormiam no chão ou dentro de veículos, foram observados oito com placa do município de Taubaté.

Após atendimento com assistente social, foi constatado que as pessoas não se enquadravam em situação de rua, pois no município residente possuem imóveis e veículos.

Foi orientado que retornem para suas casas e retomem a vida habitual, inclusive matricular as crianças na escola, que informaram não frequentar há algum tempo. Além de que, situações deste tipo não oferecem nenhuma segurança.

Um morador próximo ao local informou serem todos ciganos, que chegaram de madrugada, por volta das 4h da manhã e se instalaram no local sem a mínima condição de higiene.

A ação conjunta teve apoio das secretarias de Desenvolvimento Social e Cidadania, Serviços Públicos, Comunicação, Urbanismo; Atividade Delegada da Polícia Militar e Conselho Tutelar.

O objetivo foi promover a garantia de direitos das crianças, adolescentes e idosas que estavam em situação precária e de vulnerabilidade, além de manter a ordem no local e assim evitar que vire um acampamento irregular.

A ação foi pacífica e efetiva. Após deixarem o local, foi recolhido quase um caminhão de resíduos e inservíveis deixados pelas famílias. O local está limpo e todos já saíram.

Serviço de abordagem e denúncia – A Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania explica que a melhor forma de ajudar as pessoas em situação de rua, é acionar a equipe de abordagem do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) ou da Casa do Caminho.

O serviço de abordagem é realizado todos os dias, das 8h às 23h. No atendimento, os profissionais ofertam os serviços à pessoa que está em situação de rua com acolhimento provisório, acompanhamento psicossocial, alimentação e retorno à cidade de origem, se necessário.

“Ofertar esmola não é o melhor caminho para ajudar esse público, pois o resultado é a permanência nas ruas. O correto é irem para um local adequado, onde poderão ser acompanhados por uma equipe técnica especializada”, ressalta o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Jonas Fontes.

Segundo a Secretária de Comunicação, Malu Baracat o mais importante é conscientizar a população para que usem os canais certos para suas denuncias. Hoje todo mundo está com um celular na mão e pode fazer sua denuncia pelo Facebook da Prefeitura de Caraguatatuba que estamos preparados para atender a todos, frisou Malu.

Serviço

Casa do Caminho – Rua Banco Itaú, 202 – Porto Novo. Telefone: (12) 3887-6287

Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Rua Senador Feijó – Jardim Aruan. Telefone: (12) 3882-5236

Fonte: Prefeitura de Caraguá

Foto: Claudio Gomes/PMC

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: