Alunos de Ubatuba vão receber equipamentos do Ministério da Ciência e Tecnologia

Os alunos da Escola Tancredo Neves, em Ubatuba, conhecida pelo projeto UbatubaSat, têm mais um motivo para celebrar. Um compromisso acaba de ser assinado para a doação de 40 computadores para o laboratório de Informática e kits para experimentação científica para as disciplinas de Ciências, Biologia, Química, Física e Matemática. O acordo foi firmado nessa terça, 28 de novembro, em reunião em São Paulo, com o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, o prefeito de Ubatuba, Délcio José Sato, e o coordenador e idealizador do projeto UbatubaSat, Candido Moura. O investimento total é de R$ 250 mil e a entrega está prevista para o início das aulas em 2018.

“No Brasil, é comum ministrar aulas de Ciências e outras disciplinas sem laboratórios. Para mim, isso é como aprender a nadar sem uma piscina. Esses equipamentos são extremamente necessários para o aprendizado e, com essa doação, teremos meios materiais para ensinar como deve ser feito e continuar nossos projetos”, comemora Cândido.

Os kits para laboratório são desenvolvidos pela USP São Carlos, no projeto “Experimentoteca”. São conjuntos temáticos que abrangem o Ensino Fundamental e Médio no intuito de aprimorar as disciplinas de Ciências, Biologia, Química, Física e Matemática.

Ensino integrado

Em Ubatuba, a Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves oferece cursos de Ensino Médio integrado às áreas de Contabilidade, Administração e Informática. Esse último é o mais novo curso na escola, realizado no contraturno das aulas em que traz experiências práticas para as disciplinas de Exatas.

A escola abriga 1400 alunos do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano e dos cursos de Ensino Médio integrado.

O UbatubaSat

O projeto UbatubaSat teve início em 2010 na Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves (Etec). A iniciativa do professor Cândido Osvaldo de Moura capacitou um grupo de alunos do 6º ano a construir o picossatélite Tancredo-1.

Ele foi lançado em dezembro de 2016, do Centro Espacial Tanegashima, no Japão, pela Estação Espacial Internacional (ISS). Em janeiro, o equipamento foi colocado definitivamente em órbita a partir do módulo japonês da ISS. Os participantes assistiram ao vivo às operações na sede do INPE, em São José dos Campos (SP).

Com 10 cm de diâmetro e 13 cm de altura, o equipamento de 570 gramas foi totalmente construído no Brasil com o apoio do Inpe e da Agência Espacial Brasileira (AEB). Já está em andamento um novo projeto de satélite, o Tancredo-2, com a sofisticação do equipamento e uma câmera para monitorar os raios na atmosfera da Terra.

Fonte e foto: Divulgação

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: