Caraguatatuba usará técnica ABA para atendimento de autistas

Nesta segunda-feira (2), o prefeito de Caraguatatuba Aguilar Junior, o secretário dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso, Leonardo Macedo, o vereador Evandro do Nascimento e profissionais do Instituto de Desenvolvimento de Gestão, Tecnologia e Pesquisa em Saúde e Assistência Social (IDGT), estiveram reunidos com representantes do Grupo de Mães de Autistas de Caraguatatuba (GMAC).

Na oportunidade, o prefeito confirmou que será adotada a Análise do Comportamento Aplicada (ABA – Applied Behavior Analyses), no Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (Ciapi).  A ABA é conjunto de técnicas e procedimentos advindos de um campo específico da psicologia comportamental.

Dentro do Conviver, programa sob responsabilidade do IDGT, está o projeto Tudo Azul, que é voltado especificamente para cuidadores familiares que serão treinados com a ABA como co-terapeutas no processo de aprendizagem da pessoa com autismo.

“Ao adotarmos a ABA, procuramos atender aos pais que nos procuraram com reivindicações. A ideia, agora, é capacitar profissionais do Ciapi para que essa metodologia seja aplicada. Estamos sempre abertos ao diálogo para atender melhor à população”, enfatizou Aguilar Junior.

Posteriormente os psicólogos, Marco Siqueira e Inara Cabral, coordenadores de projeto e técnica do IDGT, respectivamente, explicaram ao público a proposta do Programa Conviver/Projeto Tudo Azul.

“A ABA é uma abordagem científica baseada em evidência ampla que pode ser usada em diversas situações como: dependência química, transtornos do sono, transtornos de alimentação, medos e fobias. Porém, vem ganhando cada vez mais destaque na educação especial, principalmente nos casos de transtornos do espectro autista (TEA). A intervenção com ABA deve ser o mais precoce possível. No entanto, pode beneficiar jovens e adultos. Também pode ser aplicadas em casa ou na escola ou nas instituições”, explicou Marco Siqueira.

A coordenadora do GMAC, Bárbara de Almeida, afirmou estar emocionada com a ação da Prefeitura de Caraguatatuba. “Essa decisão do prefeito Aguilar Junior é uma conquista para os autistas do município”.

O professor Lucelmo Lacerda, pai de uma criança autista, disse que Caraguatatuba será pioneira no país com a adoção da ABA. “Esse é um modelo usado nos EUA e referência mundial. No Brasil, não há nenhuma cidade que adotou esse conjunto de técnicas que permite ensinar pessoas com autismo a se portar em ambientes públicos, para diminuir atitudes e ações inadequadas como a agressividade em ambientes públicos”, avaliou.

O secretário da Sepedi, Leonardo Macedo, disse que esse é o início de um processo que deverá envolver, futuramente, outras secretarias como Saúde e Educação.

Fonte: Prefeitura de Caraguá

Foto: Luís Gava/PMC

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: