Crianças de seis meses a menores de cinco anos recebem reforço da Vacina contra Sarampo a partir de segunda em Caraguá

De 7 a 25 de outubro, a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, realiza a primeira etapa de reforço da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo.

Nestas datas, serão vacinadas crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com exceção da UBS Tabatinga.

Segundo a Secretaria de Saúde, esta será uma vacinação seletiva, com o objetivo de completar as doses que faltam e vacinar aqueles que nunca se imunizaram.

Até o momento, de janeiro a agosto deste ano, a Secretaria de Saúde de Caraguatatuba registrou 2.006 crianças de seis meses a 1 ano e 3 meses vacinadas. O público alvo infantil estimado era de 1.757 crianças a serem vacinadas. Sendo assim, como os vacinados ultrapassaram a meta esperada, a cobertura vacinal atingida já chega a 155,16%.

Durante a semana, a campanha ocorrerá dentro das unidades segundo horário de cada sala de vacina.

O Dia D da primeira fase será no sábado (19/10) em todas as Unidades Básicas de Saúde do município, incluindo UBS Tabatinga das 8h às 17h.

A segunda etapa da campanha será de 18 a 30 de novembro e tem como público alvo adultos de 20 a 29 anos de idade. Esta segunda fase também ocorrerá em todas as UBSs do município, com exceção da UBS Tabatinga.

Nesta fase, o Dia D será realizado no sábado (30/11) na Praça Dr. Cândido Mota, UBS Massaguaçu, UBS Sumaré, UBS Tinga, UBS Porto Novo e UBS Perequê Mirim I.

Segundo o Ministério da Saúde, não há uma estimativa para a cobertura vacinal do público adulto, mas a procura tem sido bem maior a cada mês. Em Caraguatatuba, a cidade já registra 3.391 pessoas de 20 a 59 anos vacinadas de janeiro a agosto de 2019.

O que é sarampo?

Segundo o Ministério da Saúde, o sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente  contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade.

As complicações infecciosas contribuem para a gravidade da doença, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. Em algumas partes do mundo, a doença é uma das principais causas de morbimortalidade entre crianças menores de cinco anos de idade.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e Amazonas. Além disso, alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados em São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro.

Contágio

A Secretaria de Saúde de Caraguatatuba alerta que o contágio do sarampo é feito por via respiratória, o que aumenta ainda mais a importância da prevenção pois trata-se de doença com alto índice de contaminação. Cada paciente contaminado pode transmitir a doença para até outras 20 pessoas sadias.

Sintomas

– Febre alta, acima de 38,5°C;

– Dor de cabeça;

– Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo

– Tosse;

– Coriza;

– Conjuntivite;

– Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal conhecida como sinal de koplik, que antecede de 1 a 2 dias antes do aparecimento das manchas vermelhas.

Fonte e foto: Prefeitura de Caraguá

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: