Dia “D”: Cidades do Litoral Norte de São Paulo participam de mobilização contra o Aedes neste sábado

Da Redação

>>> Ubatuba, Caraguá, São Sebastião e Ilhabela confirmaram as ações preparadas para este sábado, dia 13 de fevereiro

O carnaval passou, mas a escola de samba de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, ainda está na avenida. Neste sábado, dia 13 de fevereiro, uma ação nacional de conscientização do combate ao Aedes, organizada pelo Governo Federal, acontece em todo território nacional, envolvendo profissionais da área de saúde, ministros e secretários de governo e cerca de 200 mil militares.

As quatro cidades do Litoral Norte de São Paulo também estão preparadas para participar do “Dia D de Combate à Dengue”. Confira o que a sua cidade vai fazer e como cada um pode contribuir para virar o jogo contra o Aedes.

Ubatuba

Em Ubatuba, das 8 às 14 horas, as ações serão concentradas nos bairros do Estufa II e Sesmaria, Ipiranguinha e Sertão da Quina, na região sul. A ação dá continuidade a operação pré-Carnaval e integra a mobilização nacional contra o mosquito. A equipe de trabalho reunirá um total de 180 pessoas das secretarias de Saúde, Cidadania e Desenvolvimento Social, Educação, e também da Guarda Municipal, Defesa Civil e Comtur.

Além de vistorias em residências e eliminação de criadouros em ruas e terrenos baldios, caminhões cata-trecos percorrerão esses bairros para recolher objetos e móveis velhos que podem converter-se em abrigo para o mosquito.

Pontos de encontro para o início do mutirão

Estufa 2 e Sesmaria: SABE – Sociedade Amigos do Bairro da Estufa, ao lado do campo de futebol, às 7h30

Ipiranguinha: Ponte no alto do Ipiranguinha, às 7h30

Sertão da Quina: Posto de Saúde, às 7h30

Caraguatatuba

Acompanhados de equipes da Marinha do Brasil, 20 agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) percorrerão marinas de Caraguá. O trabalho contará com o apoio da Defesa Civil e do Grupo de Apoio Civil (GAC) e ocorrerá das 8h às 12h.

Além das marinas, agentes do CCZ irão às praias, da região Sul à Martim de Sá, para distribuir material educativo e orientar veranistas sobre a importância de vistoriar suas casas. Os moradores também serão mobilizados a eliminarem possíveis criadouros em suas residências. “A intenção deste dia é reforçar junto aos proprietários a necessidade de uma faxina geral em cada marina para eliminar potenciais criadouros do mosquito”, destaca o secretário de Saúde, Juan Lambert.

Ação de apoio

Passeata: Dentro das ações alusivas ao “Dia D de Combate à Dengue”, ainda neste sábado, a partir das 14h, haverá uma caminhada contra ao Aedes no bairro Tinga com concentração em frente à Igreja Pentecostal Vida Nova em Jesus (Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 708 – Tinga – ao lado da escola Bernardino).

São Sebastião

dengue_nacional

A atividade de conscientização ficará concentrada no bairro Pontal da Cruz, na região central da cidade, contando o reforço de voluntários da Marinha do Brasil e uma parceria entre as Forças Armadas e a Administração Municipal. Serão percorridas as ruas do bairro com a distribuindo panfletos, folderes e o check list para a checagem de locais onde possam acumular água e se transformar em criadouros do mosquito.

De acordo com a Secretaria de Saúde a expectativa é de que mais de 60 pessoas entre agentes de saúde e voluntários da Marinha do Brasil percorram as principais ruas o bairro. “Este será apenas a primeira de outras ações que estamos planejando em parceria com a Marinha”, disse o diretor da Vigilância em Saúde Givanildo Tavares.

Ilhabela

DENGUE

Em Ilhabela, as ações, que também contam com o apoio das Forças Armadas, acontecem das 8h30 e 13h em dois bairros selecionados devido ao número de casos dengue: Reino e Água Branca. O trabalho será no sentido de orientar quanto à prevenção e à retirada de criadouros. Os caminhões da prefeitura realizarão também o chamado “arrastão” em todas as ruas dos dois bairros.

“Diante de uma emergência de saúde pública, com a proliferação do mosquito transmissor da dengue, da chikungunia e do zika, o desafio é realizar ações diretamente junto à população”, destaca o diretor de Vigilância em Saúde, Oriedson de Freitas Oliveira. A equipe do Controle de Vetores, de Agentes Comunitários de Saúde, voluntários e militares da Marinha percorrerão todas as casas do Reino e da Água Branca orientando quanto à prevenção e o controle do Aedes aegypti.

Segunda etapa da mobilização local

A mobilização ainda prossegue na próxima semana em Ilhabela com a realização de palestras de orientação nas escolas do município e ainda haverá uma terceira etapa quando os agentes do Controle de Vetores se empenharão no bloqueio de criadouros casa a casa.

Fotos: Setores de Comunicação Social das prefeituras

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: