Mais de 5 mil pessoas participam do I Congresso de Empreendedorismo Sustentável do Litoral Norte

Foi um total de 73 atividades promovidas pelo Congresso durante os três dias de evento em São Sebastião 

Nos últimos dias 3,4 e 5 de junho, a cidade de São Sebastião/SP recebeu a primeira edição do Congresso de Empreendedorismo Sustentável do Litoral Norte (1ºCESLN). Foram palestras, minipalestras, oficinas e atrações artísticas que atraíram um público de mais de 5 mil pessoas na Tenda da Rua da Praia e no Teatro Municipal de São Sebastião/SP. Autoridades políticas da região estiveram presentes para prestigiar o evento.

A estimativa calculada pela análise estatística do Congresso, é que nos dois primeiros dias uma média de 4 mil pessoas participaram do CESLN na estrutura da Rua da Praia, que recebeu 21 expositores nos estandes distribuídos na tenda. Também foram realizadas nesse espaço, durante os dois primeiros dias, 19 minipalestras abordando a temática da Sustentabilidade, com profissionais e pesquisadores gabaritados. Somando as palestras no Teatro Municipal, Rodas de Conversa e outras atrações, foi um total de 73 atividades promovidas pelo CESLN durante os três dias de evento. A mobilização contou ainda com 40 voluntários, que auxiliaram em todas as demandas do Congresso.

“O 1ºCESLN abriu caminhos para uma nova visão de Sustentabilidade, unindo iniciativas, pesquisas, ideias, governantes e as cidades do Litoral. Orgulho de ter sido uma das protagonistas dessa iniciativa”, ressaltou Diana Mazo Malheiro, uma das organizadoras do evento.

No último dia do 1ºCESLN, quarta-feira (5), a Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo) recebeu 13 artigos que foram apresentados pelos seus respectivos autores. No Teatro foram apresentados 5 banners, que integraram o roteiro acadêmico do Congresso.

“Estamos num momento em que falar de Meio Ambiente e Sustentabilidade é extremamente necessário, e ver a juventude participando efetivamente é sinal de que as sementes estão sendo plantadas”, salientou o superintendente da Sabesp no Litoral Norte, José Bosco Fernandes de Castro.

Um dos momentos que marcou o primeiro dia, foi a revelação do Concurso do Mascote. O Concurso envolveu 12 escolas municipais de São Sebastião, Caraguatatuba, Ubatuba e Ilhabela. Foram selecionados os três melhores desenhos de cada escola, e a aluna Letícia Santos Batista, do 5º ano B da E.M. Profª José de Souza Simeão, de Ubatuba, foi a vencedora com o desenho do Bicho Preguiça, que se tornou o mascote oficial do 1ºCESLN. A professora responsável foi Sandra R. Gonçalves Dias dos Santos.

Já o encerramento do I Congresso de Empreendedorismo Sustentável do Litoral Norte foi marcado pelo Termo de Colaboração e Compromisso assinado com os governantes presentes na solenidade, cuja finalidade é tentar aplicar nos municípios da região os projetos mais votados no evento: Sorbio (Absorvente natural de Petróleo Bruto) e o Jardim Sustentável. A votação ocorreu nos dias 3 e 4 pelos participantes do evento. O projeto Sorbio liderou o ranking com 30% dos votos, seguido do Jardim Sustentável (25%).

“O Congresso trouxe a oportunidade para os moradores de São Sebastião e região conhecerem as boas práticas ambientais e de desenvolvimento sustentável que são praticadas no Litoral Norte. Além disso, o compartilhamento de informações e conhecimento científico fez toda a diferença, pois foram apresentadas muitas inovações que podem futuramente ser aplicadas, por exemplo, para  melhorar a gestão dos resíduos sólidos urbanos, logística reversa e economia circular de São Sebastião e até de todo o Litoral Norte”, destacou o secretário municipal de Meio Ambiente de São Sebastião, Daniel Mudat.

O 1º CESLN é uma realização privada em conjunto com o Instituto Supereco e Prefeitura Municipal de São Sebastião, com patrocínio da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e apoio das Prefeituras de Caraguatatuba, Ilhabela e Ubatuba, FASS, Módulo, Fatec, Band Vale, Studio Leva, LitoGraf e JInter. A equipe da Organização direta é composta por: Diana Mazo Malheiro, Tatiana Alméri, Andréa França, Maria Carolina Coelho, Ana Sanches e Carine Corrêa.

“O Congresso foi um marco histórico do Litoral Norte de São Paulo para o mundo, compartilhando saberes e tornando visíveis as melhores práticas comunitárias e iniciativas locais de Sustentabilidade alinhadas aos objetivos da Agenda 2030”, finaliza Andrée de Ridder Vieira, fundadora e Presidente do Instituto Supereco.

Fonte e foto: Divulgação

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: