Prefeitura de Caraguá investe R$ 14 milhões na ampliação de leitos da Casa de Saúde Stella Maris

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, assinou na manhã desta terça-feira (11/12) a ordem de serviço para as obras de ampliação de 54 leitos hospitalares na Casa de Saúde Stella Maris. O lançamento oficial ocorreu em cerimônia realizada no saguão do Teatro Mário Covas.

Conforme o projeto, a Santa Casa contará com mais 54 novos leitos de enfermaria/internação, leitos de urgência e emergência, leitos de observação, além de espaço médico, sala de expurgo, copa de funcionários, vestiários de funcionários, enfermarias, espaço de isolamento, sala de preparo, farmácia, posto de enfermagem, cozinha hospitalar, câmaras frias, área de inspeção de alimentos, copa de distribuição, sala de leitos de observação, sala de leitos de emergência, rouparias, consultórios, recepção, sala de espera, sala de inalação, sala de medicação, área de maca, espaço Samu, sala de higienização, banheiros acessíveis, rampas, estacionamentos, paisagismo e guarita nova. O investimento gira em torno de R$ 14 milhões.

O Stella Maris possui hoje 157 leitos, sendo 116 para pacientes SUS e 41 para convênios particulares.

A diretora da Casa de Saúde Stella Maris e representante do Instituto das Pequenas Missionárias, Tatiane Aparecida dos Santos, falou sobre o desafio de administrar um hospital deste porte. “Antes trabalhávamos lutando para salvar vidas. E entendemos que é melhor optar por construir um tijolo por dia e humanizar o atendimento. Só tenho a agradecer por esta parceria junto à Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde”, afirmou.

O prefeito Aguilar Junior destacou a alegria por anunciar o início das obras de ampliação. “É como se fosse uma gestação. Vamos comemorar agora e também quando entregarmos de fato todos estes novos leitos à população. Esta é a obra mais marcante e importante da nossa gestão. Digo isto porque nosso número de leitos é pequeno em relação à cidade”, destacou.

O prefeito também relatou a importância da Casa de Saúde Stella Maris, por fazer parte até mesmo da história da catástrofe. “Precisamos tomar conta deste bem da nossa cidade. Faz mais de 10 anos que a Santa Casa não tem aumento de leitos. Tenho certeza que, com todo investimento que fizermos em saúde, estaremos salvando vidas”, destacou o prefeito.

A Prefeitura de Caraguatatuba destaca ainda que estão em andamento mais duas outras obras na Casa de Saúde Stella Maris, com recursos estaduais e federais. Trata-se de mais 10 leitos de psiquiatria e um novo Ambulatório.

Com todos os empreendimentos, a Santa Casa passará de 157 para 221 leitos hospitalares no município para atendimento de média e alta complexidade.

Aumento do repasse do convênio e atendimentos

Um dos principais pedidos do prefeito Aguilar Junior ao assumir o governo em 2017 foi restabelecer o diálogo com o Instituto das Pequenas Missionárias, que administra a Casa de Saúde Stella Maris há mais de 50 anos.

Com isso, houve aumento de repasse financeiro e novos serviços foram oferecidos a partir de recursos municipais.

Em 2016, o valor repassado a Santa Casa era de R$ 1,2 milhão e em 2019 chega a R$ 2,5 milhões por mês, aumento de mais de 100%. Alguns serviços foram criados e outros retomados, pois tinham sido extintos em 2016.

Nas cirurgias eletivas o aumento foi de 92 em 2016 para 140 procedimentos em 2019. Já as consultas ambulatoriais passaram de 1.050 para quase 1.500 consultas, assim como as internações que subiram de 31.227 em 2016 para 56.370 em 2019.

Pelo convênio firmado nesta gestão, a Prefeitura criou procedimentos por imagem (exames) na Santa Casa e desde 2017 já são 2.050 intervenções. O serviço não era executado em 2016, assim como pequenas cirurgias ambulatoriais que em 2019 foram equivalentes a 269 procedimentos.

Segundo relatório apresentado pela Secretaria de Saúde, foram realizados 808 atendimentos de 1ª consulta e retorno nas seguintes especialidades: anestesia, bucomaxilo, cirurgia geral, ginecologia, ortopedia, pediatria, urologia, vascular, otorrino e cardiologia.

Plantonistas

Houve aumento também no número de plantonistas presenciais e valores pagos por plantão.

Em 2016, a Santa Casa oferecia apenas os atendimentos de ortopedista, cirurgia geral e anestesista pelo valor de R$ 1,2 mil por 12 horas.

Já em 2019, os mesmos serviços eram oferecidos e os profissionais passaram a receber R$ 1,4 mil por 12 horas. Além disso, foram criados os atendimentos de neurologista/neurocirugia, ultrassonografista, vascular, urologista, nefrologista e cardiologista.

Segundo a Secretaria de Saúde, foi registrado aumento no número de plantonistas de sobreaviso e valores pagos por plantão.

Em 2016, a Santa Casa oferecia apenas os atendimentos de ortopedista, neurologista e ultrassonografia pelo valor de R$ 1,2 mil por 12 horas.

Já em 2019, os mesmo serviços eram oferecidos e os profissionais passaram a receber R$ 1,4 mil por 12 horas. Além disso, foram criados os atendimentos de bucomaxilo, vascular, urologista, nefrologista e cardiologista.

E por fim, nesta gestão foi criado o serviço de plantonista de retaguarda na especialidade de psiquiatria e em 2019 são 20 consultas.

Fonte: Prefeitura de Caraguá

Foto: Cláudio Gomes/PMC

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: