Check-up gratuito para homens já atendeu 44 mil no estado de SP; Caraguá tem atendimento

Mortes em decorrência de câncer ou de doenças coronárias podem ser evitadas se diagnosticadas precocemente. O programa “Filho que ama leva o pai ao AME”, criado em março de 2014 pelo Governo do Estado de São Paulo, estimula os filhos a levarem os pais com 50 anos ou mais para fazer um check up médico gratuito, sem necessidade de encaminhamento médico prévio.

O programa atendeu 44 mil pessoas em todo o Estado e já foram realizadas mais de 134 mil consultas. O atendimento é feito aos sábados e os beneficiários passam por exames preventivos nas áreas de enfermagem, cardiologia e urologia, em uma das 25 AMEs (Ambulatório Médico de Especialidades) da capital, Região Metropolitana, interior e litoral do Estado. No Litoral Norte, o atendimento acontece na AME de Caraguatatuba.

No seu primeiro ano, o programa atendeu mais de 13,5 mil pacientes e realizou 38,1 mil consultas. Em 2015, o número subiu para 17,6 mil pessoas atendidas e mais de 50 mil consultas realizadas. Este ano, de janeiro a julho, o número de consultas está em 34,9 mil consultas, tendo sendo atendidos 12,9 mil pacientes.

Embora a intenção seja incentivar os cuidados dos filhos com os pais, a consulta deve ser solicitada pelo próprio paciente. O atendimento acontece em pelo menos dois sábados, das 7h até, no mínimo, 13h.

No primeiro sábado, é feita uma consulta de enfermagem que envolve a avaliação do peso, altura e risco cardíaco, uma bateria de exames laboratoriais de sangue e eletrocardiograma.

No sábado seguinte é agendado o retorno para as consultas com cardiologista e urologista, com avaliação dos resultados dos exames. Caso haja alguma anormalidade, o paciente é encaminhado para mais exames, com acompanhamento e tratamento já inclusos na rotina.

Serviço
Para fazer o check-up, é preciso ligar para o telefone 0800-779-0000 e fornecer os dados pessoais.

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: