Sabesp aplica nova técnica de reposição asfáltica em Caraguá

A Sabesp vem realizando testes de reposição asfáltica em Caraguatatuba desde 2017. Segundo a companhia, o foco para encontrar o melhor produto em termos de resistência, aplicação e durabilidade, tanto em vias de tráfego leve como pesado. Os testes tiveram como objetivo fugir do método tradicional “a quente”, mais conhecido como piche, que exige mais tempo para reposição do asfalto pois não é possível finalizar a reposição no mesmo dia, além de demandar mais maquinário para sua execução. O novo tipo de asfalto “a frio”, segundo a Sabesp, simplifica a operação pois exige menos equipamentos e é mais rápido, já que tudo é executado num mesmo dia. 

Para o avanço, a Sabesp buscou junto aos fornecedores desse segmento de mercado um material que não exigisse toda a estrutura de transporte e logística exigidas para a aplicação de massa quente e que permitisse a reposição pela própria equipe que executa o serviço principal.

Conforme explica o superintendente da Sabesp no Litoral Norte, engenheiro José Bosco Fernandes de Castro, após o período de testes, realizado entre 2017 e 2018, a empresa vem adotando sistematicamente o método de reposição imediata do pavimento em áreas de menor intervenção, como em reparo de vazamentos, troca de ramais de água e outros serviços, tanto nas calçadas como nas vias públicas.  “Adotamos a medida para repavimentação imediata não somente com o uso da massa asfáltica mas também para a aplicação de cimento e reposição dos bloquetes, liberando o trecho logo após a finalização do reparo. Outro ponto importante é que desde que adotamos o uso dessa nova matéria prima a empresa tem obtido ótimos resultados, otimizando as atividades diárias das equipes operacionais”, finalizou Bosco.

Fonte/foto: Sabesp

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: