Vice-prefeito de Caraguá visita a Câmara para abordar os problemas da chuva junto aos vereadores

Nesta semana, a Câmara de Caraguatatuba recebeu o vice-Prefeito e secretário de trânsito, segurança e defesa civil, Campos Junior, e o presidente do comitê de gerenciamento de crise, Ricardo Ribeiro, que prestaram contas sobre o trabalho realizado após os estragos das chuvas no município. Eles foram recebidos pelo Presidente da Câmara , Renato Leite Carrijo de Aguilar (Tato Aguilar), acompanhado de outros parlamentares

Os dois representantes do executivo apresentaram um balaço dos problemas ocasionados pelas chuvas na última semana e das ações realizadas para amenizar os escorregamentos de terra e inundações, como monitoramento de áreas de riscos, remoção de famílias e doações.

Ricardo Ribeiro, responsável pelo comitê de gerenciamento de crise, destacou a solidariedade da população do município e de outras cidades da região. “As pessoas doaram muitas coisas e pudemos dar uma resposta rápida à comunidade. Funcionários de diversas secretarias trabalharam três, quatro dias diretos na limpeza, na remoção de pessoas para abrigos, vistoria de áreas de risco, reparos e na separação e coleta de doações. A situação vivenciada possibilitará a criação de protocolos de reação a novas ocorrências de mesma intensidade”, reconhece.

Ribeiro pediu o apoio dos vereadores em relação às áreas de risco. “Vocês do Legislativo têm um papel importante nesse processo com leis que congelem esses locais.”

O secretário de Trânsito, Segurança e Defesa Civil, Campos Junior, falou sobre os 19 setores de risco do município. “A nossa prioridade foi ir para os locais de risco de escorregamentos de terra. A inundação causa grandes perdas materiais, mas provoca baixíssimo risco de vida, ou seja, a pessoa perde tudo na casa, mas não perde a vida. Eventualmente alguém se machuca, porém isso é exceção.”

De acordo com o secretário, em 2010, técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) mapearam as áreas de risco de Caraguatatuba. “Esse relatório é o documento mais importante que nós temos para dizer se o local é ou não de risco, para negar ou atender pedidos de ocupação. O relatório precisa ser atualizado porque nos dá todo o respaldo jurídico para trabalhar”.

Fonte: CMC

Comentários

Comentários


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/portalcaicara/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: